Ilustrações cruéis

19:23

Alguma coisa no meu cérebro faz com que eu considere plausível ver ilustrações/quadrinhos com textos que eu me identifique. Na verdade, eu acho que faz parte da nossa geração querer se identificar com alguém/algo a todo momento. Geralmente os meus favoritos são aqueles que indicam assuntos como autoestima e crescimento pessoal, os de relacionamento até que também, mas não sempre. 
Percebi que não tenho exatamente alguém para compartilhar esse tipo de coisa. A maioria das pessoas até curte, mas no final acha "OK". Eu acho bacana que no meio dessa turbulência de música, torrents, netflix e streamings ainda existam algumas pessoas que coloquem o lápis (ou o mouse) para se mexer e criar coisas mais simples (simples no sentido de simplicidade, porque é difícil pra caralho). Eu gosto dessas coisas, parece que elas fazem mais sentido.
Algumas ilustrações abaixo são tranquilas e te deixarão confortável. Mas já deixo avisado que provavelmente alguma delas mexerá na sua ferida. Se sim, não fui eu, não sei de nada.

Amor próprio, amor ao próximo e falta de amor. Essa página pertence ao Sávio, que também faz desenhos realistas maravilhosos (ele postou alguns no Instagram dele). Eu tento criar uma explicação para os sentimentos que as ilustrações dele me transmitem, mas nem sei. Dependendo do meu humor eu até acho graça. Dependendo, choro como se fosse eu quem os tivesse criado. 


Desenhos bugados e textos bacanas para lembrar que a vida não é caótica só para você. Se alguém descobrir por que a página tem este nome, por favor, me conte.
Você namoraria alguém que romantiza o tédio? Eu estou sempre me questionando se o que faço faz sentido, se estou fazendo algo bom para o meu futuro ou se preciso simplesmente deixar as coisas acontecerem. Acho que essa página é meio assim também.



Quadrinhos que analisam o dilema de ser homem (humano), de sentir prazer e de sentir dor. Eu sinto que esses desenhos me pertencem, mas de um jeito estranho (porque, afinal, eles pertencem ao João). Eles atacam profundamente uma parte particular e adúltera nossa, nos fazendo sentir sujos e, logo depois, sentir que é OK ser sujo. É a forma prática e bonita de expressar um drama estúpido. Eu descobri a página vagando entre as outras e achei ela ótima para descrever a bagunça que há na cabeça - e talvez no peito, não sei.


Nesta página parece que está sempre de noite. É meio que andar na rua, numa sexta-feira à noite, sozinho e com baratas entrando nos boeiros. Daí adiciona poesia e desenhos maravilhosos. Ah, eu amo esse traço.


Eu tinha/tenho a impressão de que todo mundo já conhece essas páginas haha. Mas eu quis trazer mesmo assim, porque tenho certeza de que ter lido um post como este teria sido bom quando eu ainda não as conhecia. 

Um beijo e até o próximo post.








You Might Also Like

16 comentários

  1. Eu não conhecia nenhum! E olha acho que a página de vários números tem esse nome pra combinar com o desenho e o mundo caótico né? Adorei suas indicações ☺
    dezoitoemponto.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, acho que sim! hahah Mas me parece uma data de nascimento, algo assim :)

      Excluir
    2. É a data de nascimento da criadora

      Excluir
  2. Sou apaixonada por quadrinhos que fazem eu refletir sobre minha própria vida ou como eu sou. Alguns, eu acabo salvando porque realmente me cativa.
    Aproveitei a sua sugestão e segui algumas pages e Instagram.
    Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Aline. Também sou como você! Um beijo.

      Excluir
  3. Não conhecia nenhuma e posso jurar que algumas foram feitas pra mim >< Me identifiquei com várias e pretendo acompanha-las. Me tocou de uma forma que me fez parar e pensar "por que eu ainda faço isso comigo mesma?".

    Nuvem de Novembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Missão do post cumprida então!! hahaha. Um beijo.

      Excluir
  4. Adorei as ilustras! hahaha tbm adoro compartilhar algumas la na Garimpo. Mas os quadrinhos eu não conhecia nenhum, são muitos bons principalmente o Adorável desastre <3

    www.garimpomag.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez o Adorável Desastre seja o meu favorito também! =)

      Excluir
  5. eu não conhecia nenhum! Amei demais! tenho inclusive uma pagina que posto muito raramente mas que seguem mais ou menos essa linha, talvez goste! chama inaudível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma olhada, pode deixar <3 Obrigada!!!

      Excluir
  6. Eu não conhecia várias dessas e AMEI o tema, Jana. De verdade! Sou APAIXONADA por quadrinhos, pode sempre compartilhar comigo. <3

    blogdeclara.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei descobrindo mais algumas páginas dessas, acho que vai ter mais uma edição de quadrinhos cruéis aqui no blog! =)

      Excluir
  7. Nossa, quantas referências maravilhosas (a maioria novas para mim, então obrigada pelas indicações). Muito bom saber que a gente não tá sozinho nas nossas paranóias e pequenas tristezas e questionamentos do dia a dia. <3

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Camila! Fico muito feliz quando encontro pessoas para me identificar! <3 Um beijo.

      Excluir